Como fazer amigos e influenciar pessoas

Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas é um livro escrito por Dale Carnegie no ano de 1936. Chegou a ser vendido mais de 50 milhões de exemplares em todas as classes sociais, sendo hoje um dos livros de cabeceira de muitas pessoas de sucesso.

É importante destacar que muitos outros livros foram escritos baseado em suas ideias, isso porque ao longo do livro encontramos muitos conceitos importantes sobre as relações humanas, se destacando para aquelas pessoas que buscam criar amizades e influenciar as pessoas.

Introdução

Estudos comprovam que em todas as carreiras sejam elas técnicas ou não que cerca de 15% do sucesso financeiro do profissional tem relação com os seus conhecimentos técnicos.

E o restante de 85% advém do que chamamos de engenharia humana. Essa engenharia tem relação direta com a personalidade da pessoa e também com a sua habilidade para lidar com os outros.

Pensando na engenharia humana, você pode até se perguntar como fazer com que as pessoas ajam da forma que você gostaria que ela agissem, pensando alinhadamente com aquilo que você pensa.

E sua pergunta pode ir muito mais além: Como fazer com que as pessoas se sintam bem consigo mesmos executando aquelas ações que você gostaria que fossem feitas.

As técnicas para influenciar as pessoas

Existem aquelas técnicas essenciais de como lidar com as pessoas. Dentro delas existem três princípios para que você consiga influenciar de fato as pessoas. São eles:

Princípio 1. Não faça condenações, reclamações ou críticas

Para explicar isso na prática faremos uso de um exemplo. Isso significa que se você quer obter Mel da Colmeia, então não faça mal as abelhas, mesmo que elas estejam trazendo alguns problemas para você.

É comum as pessoas acharem que seus pensamentos e ideias são os corretos. É fato comprovado que a cada 100 situações, em 99 delas as pessoas não fazem críticas de si, independente de estarem erradas.

É importante destacar que a crítica é uma arma e de um potencial perigoso, uma vez que pode ferir aquele orgulho que muitas vezes é considerado de grande preciosidade para determinada pessoa. De uma certa forma, pode despertar em você um ressentimento.

Para compreender bem basta analisar o seguinte exemplo: Os animais que são recompensados por terem praticado alguma ação aprendem em um tempo bem mais rápido que aqueles que são castigados por não ter cumprido determinada ação.

Essa mesma questão também é observada nos seres humanos. É fato que através de críticas as pessoas não fazem mudanças de forma duradoura e são acometidas de ressentimento.

Observe que se você quiser ferir alguém de forma a criar nela um ressentimento que dure anos e mais anos, faça uma crítica sobre ela.

Princípio 2. Aprecie com sinceridade e honestidade as ações da outra pessoa

Um modo único de fazer com que as pessoas ajam de uma determinada forma é dando para ela o que ela deseja. Então cabe a pergunta: O que as pessoas querem então?

Freid em seus estudos determinou que todas as ações executadas pelas pessoas têm apenas duas motivações: o desejo sexual e o desejo de ser importante. É aqui onde entra a apreciação e o elogio.

Dessa forma é interessante descobrir o que faz a outra pessoa se sentir importante, assim você saberá exatamente quem ela é.

Você deve ter em mente que em todas as relações entre as pessoas, nossos amigos e colegas buscam o reconhecimento. Então procure deixar gratidão em todos os lugares que você passar.

Ao agir dessa forma você está acendendo chamas para constituir novas amizades e em sua próxima visita as coisas irão fluir de uma forma bem melhor que te agradará ainda mais.

Princípio 3. Procure despertar na pessoa o desejo de querer

Imagine que você vai ao rio pescar, então certamente para atrair o peixe vai utilizar minhoca e não um objeto qualquer. É de minhoca que o peixe gosta.

Você deve utilizar esse mesmo raciocínio em sua relação com as pessoas. Tem de focar sobre os assuntos que você conversa, saiba que determinado assunto pode ser muito interessante para você, mas não significa nada para outra pessoa.

Para você influenciar a outra pessoa deve também falar sobre as coisas que ela quer ouvir. Então diante disso acredite que a única forma existente atualmente para que você chame a atenção de uma pessoa é falando com ela sobre aquilo que ela tem o desejo de ouvir.

Se fizer assim, elas ficaram disponíveis para ouvi-lo durante horas. Para exemplificar: Se você não quer que seu filho fume, então não fale para ele que o cigarro faz mal para saúde.

Mas diga para ele que ao utilizar o cigarro ele se manterá afastado daquelas atividades e sonhos que ele deseja realizar, como participar de um determinado time de futebol que ele tanto deseja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *