Descubra porque o Storytelling poderá triplicar as suas vendas

Você já ouviu falar em Storytelling? Acreditamos que uma pequena parcela de empreendedores já saibam perfeitamente a que esse termo se refere. Enquanto outra parte certamente não sabe que em todos os dias se faz Storytelling.

Para todos os lados que olhamos encontramos esse termo aplicado: Na sua empresa quando se junta o grupo para uma reunião de gestão, as embalagens dos mais variados produtos, nas mais distintas corporações, como até mesmo uma simples padaria, e até no sermão do padre dentro da igreja.

Mas afinal do que se trata realmente o termo Storytelling? Seria uma invenção atual ou que existe já há muito tempo e apenas não sabíamos que a utilizávamos no dia-a-dia?

Para falar de Storytelling de forma completa precisaríamos de vários artigos escritos durante muitos meses, mas aqui nossa intenção é dar algumas pinceladas sobre as questões mais importantes acerca desse termo, aplicando-o diretamente às suas vendas.

Descubra agora porque o Storytelling poderá triplicar as suas vendas!

O que é o Storytelling

O Storytelling refere geralmente à contação de uma história, mas não é uma história qualquer, e sim uma que seja relevante capaz de prender a atenção de quem ouve. A ideia mesmo é deixar essa história marcar o interlocutor e não importa que esteja bem distante.

Nessa história deve conter destacadamente um início, meio e fim e envolver geralmente uma ação, uma comédia, uma história de drama ou até mesmo uma tragédia.

Falando especificamente da comunicação entre as massas, atualmente tem-se visto uma grande dificuldade de anunciantes manter esse foco de relevância para chamar a atenção dos comunicados.

O que se observa quando comparamos a mente dos consumidores de alguns anos atrás para o atual, é que elas têm se fechado para alguma coisas, ou então as narrativas não têm sido relevantes o suficiente para chamar atenção deles.

A ideia para superar essa questão veio quando chegou a memória o livro, algo tão comum entre as pessoas, e que geralmente conta uma história. Com isso, o mercado da narração tem se apropriado da narrativa para chamar de volta esse público.

Assim ficou fácil compreender o que é o Storytelling e por que ele está presente em todas as áreas de nossa vida no dia a dia. Se Storytelling é contar uma história atraente, compreende-se que esse termo está sendo empregado em nossas vidas a todo instante.

Com essas explicações não ficou difícil entender ao fazer a relação entre o Storytelling e as suas vendas. Mas para que não fique nenhuma dúvida, esclareceremos melhor acerca da importância dele para o mercado.

Entendendo a importância do Storytelling para suas vendas

A compreensão de um termo tão amplo como esse só foi possível neste artigo porque certamente esclarecemos de uma forma bem objetiva e didática, como você pode observar nos parágrafos logo acima.

E a importância desse termo é ainda maior na atualidade em que o mercado vivencia com suas relações que beiram o superficialismo e aquelas comunicações tão frenéticas comumente observadas.

Diante disso já se sabe que a sua empresa ou marca deve se sobressair para poder continuar, e dessa forma é possível apenas ampliando a sua presença na mente de cada um do seu público-alvo.

O Storytelling faz um bem muito além de sua empresa, é algo que se alonga a você mesmo. Você enquanto um empreendedor, um vendedor certamente terá que aprender a arte de convencer as pessoas.

Com o Storytelling a ideia é o aprimoramento das suas narrativas com intuito de prospectar clientes a partir da retenção de sua atenção e o respectivo engajamento.

E na prática, quais os passos que você deve seguir para aplicar um Storytelling suficientemente capaz de conquistar a atenção de seus locutores?

3 Passos fundamentais para um Storytelling

1. Busque uma mensagem

Você precisa fazer uma interlocução, então a primeira coisa é definir uma mensagem. Para isso, o exercício é você responder a seguinte pergunta: “Meu público alvo precisa guardar em sua mente apenas um detalhe, qual seria?”

Encontre a resposta ao fazer uma reflexão aprofundada acerca dos seus objetivos e sempre tendo como foco o que pensa o seu público-alvo.

2. Converta a mensagem em um slogan

O slogan é uma frase curta onde resume toda a mensagem inicial. Ele deve ser objetivo, conciso e suficientemente forte para prender a atenção do interlocutor. Lembre-se que é a partir desse slogan que o seu público-alvo lembrará da sua marca.

3. Crie o início, meio e fim da sua história

Construa por etapas a sua história, de forma que ela fique concisa e fácil de ser entendida. Você poderá utilizar exemplos para justificar a sua história, algumas metáforas são bem-vindas nessa etapa.

Lembre-se que o final da história deve possuir um desfecho forte e poderoso que reforce a ideia de manter na memória do seu interlocutor toda a sua apresentação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *