Fora de Série

Tente lembrar daquelas pessoas que já atingiram o sucesso, como exemplo citamos algumas: O Bill Gates, o Vivaldi, os Beatles e outras.

Diante disso, te perguntamos: Você já deu uma paradinha para tentar descobrir de onde vem e como conseguir esse sucesso maravilhoso e tão almejado sucesso?

Certamente alguém dirá que estas pessoas já nasceram com talento para atingir o sucesso, enquanto outras vão afirmar que é uma questão de pura sorte.

Mas não fica por aí, mais explicações virão, como por exemplo: irão afirmar que essas pessoas possuem um alto QI o que elas batalham e trabalham duro todos os dias.

Embora haja um pouco de verdade nessas afirmações, a realidade é que o sucesso é isso e vai além disso também. É realmente um conjunto de fatores de alta complexidade, mas muito fascinantes que sequer às vezes podemos perceber.

Alguns desses fatores estão atrelados as pessoas e dependem somente delas, enquanto outros vão muito além de seus controles. É sobre este tema que o livro Fora de Série – como ter sucesso aborda em suas páginas.

Estudo com violinistas

A Academia de Berlim fez um rigoroso estudo com alguns violinistas, e os dividiu em três grupos:

– os que almejavam se tornarem futuramente professores de música;

– aqueles que eram vistos como bons;

– e aqueles que tinham um potencial para se tornar uma estrela internacional.

Para eles foi dada a seguinte pergunta: Em toda sua carreira até agora, quantas horas de estudo você praticou? A partir daí alguns dados interessantes foram descobertos.

Os futuros professores responderam que haviam tido 4 mil horas de prática durante todo esse tempo. Já os bons violinistas responderam que tinham praticado 8000 horas, enquanto que os violinistas estrelas haviam tido 10 mil horas de prática.

Nesse estudo não foram encontrados talentos naturais, e nem violinistas estrelas que tinham menos de 7.000 hora, e nem futuros professores que tivessem executado por quantidades mais altas de horas.

Outros estudos com o mesmo teor foram realizados com outros profissionais e pessoas diversas. O resultado remeteu a questão de que o número máximo ou mágico de horas empenhadas era sempre para aquelas pessoas consideradas Fora de Série.

Com essas pesquisas ficou definido que por mais que você seja suficientemente bom para dar início alguma carreira, o que irá fazer você ser um fora de série e obter o sucesso será determinado pela quantidade de horas que você se dedicar para aperfeiçoar cada vez mais suas habilidades.

As regras

1. A regra das 10.000 horas

A questão do Sucesso não remete ao talento nato, mas a quantidade de horas empenhadas na atividade. Mas isso as pessoas na maioria das vezes não conseguem enxergar dessa forma e chegam mesmo a desvalorizar o empenho da pessoa ao afirmar que atingiu sucesso porque nasceu com talento.

A explicação disso é que costumeiramente enxergamos apenas aquilo que está à nossa frente, mas não todo o esforço empenhado por trás do sucesso.

2. A supervalorização do talento

Algum tempo atrás foi criada uma lista onde constava aquelas 75 pessoas que eram consideradas mais ricas em todos os tempos. Nessa lista alguns detalhes interessantes foram descobertos:

Ao longo de muitos anos 14 pessoas dessas 75 nasceram nos Estados Unidos e dentro de um período que abrange 9 anos. Nesses estavam incluídos o primeiro e o segundo colocado.

A explicação para isso é que entre as décadas de 1860 e 1870, os Estados Unidos passaram por uma grande revolução econômico-financeiro, e nesse tempo essas 14 pessoas estavam exatamente em uma idade ideal para empreender.

Então diante disso essas pessoas receberam uma grande oportunidade em suas vidas: o mundo estava mudado e elas estavam em idades ideais para aproveitar estas oportunidades.

Além das oportunidades essas pessoas chegaram em um momento em que já havia adquirido as suas 10 mil horas de experiências.

3. Os mestres são transformados em pessoas fora de série quando tem grandes oportunidades

Se você possui 10 mil horas isso certamente vai lhe fazer um mestre, mas não é o suficiente para o tornar fora de série. Para se tornar essa pessoa você precisa utilizar toda a experiência adquirida, as suas características consideradas especiais e essenciais e também os frutos das heranças culturais.

É necessário juntar tudo isso e colocar à disposição de forma a aproveitar com exatidão todas as grandes oportunidades que vão surgindo em todo o percurso da sua vida.

Essa é a essência do livro escrito por Malcom Gladwell. Nele o autor afirma que é necessário entender qual é a cultura da pessoa, a época em que ela nasceu, o local, a sua família e seus amigos.

Todos esses fatores exercem fundamental importância e determinam a qualidade das atividades humanas. O autor cita a sua própria história falando de sua vida e de seus familiares, como forma de exemplificar tudo o que ele fala e afirma em seu livro intitulado fora de Série – como ter sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *