Saiba quais os tipos de investidores comuns para Startups

Os tipos de investidores para startups

Você está começando uma Startup e vem algum tempo procurando investidores? Saiba que existem diversos tipos de investidores comuns para Startups, dentre eles os mais buscados são: Boostrapping, Incubadoras, Crowfunding, Aceleradoras, Investidor-anjo, e outros.

Com este artigo pretendemos listar e explicar cada um dos tipos de investidores comuns para as startups, assim você poderá encontrar aquele que mais se adeque ao seu tipo de negócio.

Investidores x Startups

Se você está abrindo uma Startup certamente já está correndo atrás de investidores. Por mais quetenha passado algum tempo, mas certamente você já percebeu que existe uma série de tipos de investidores, basta apenas escolher o que mais se adequa a definição do modelo de seu negócio.

Essas opções são diversas, e iniciam com o famoso Boostrapping, que nada mais é que o auto financiamento. Além disso, você também poderá receber o dinheiro de aceleradoras e de investidores-anjos, entre outros.

Na relação investidor x startup você deve determinare e buscar o melhor tipo para o seu negócio. Algumas técnicas são facilmente empregados para conseguir mais rapidamente um investidor.

Na sequência, passaremos a listar os tipos de investidores comuns para Startup, bem como explicar didaticamente cada um deles.

Tipos de Investidores para Startup

Tipos de investidores comuns para Startup

Boostrapping

Não é por acaso que listamos em primeiro lugar o Boostrapping. Afinal para quem está iniciando ou já vem vivenciando o mundo das startups, tem a plena consciência de que esse tipo de investimento é o primeiro de todos.

Trata-se do autofinanciamento, onde você e seus sócios tiram o dinheiro de seus próprios bolsos e investem diretamente na Startup.

Esse procedimento é bastante comum em todas as startups que estão iniciando. O primeiro passo é o Boostrapping para então depois buscar outros investidores com potenciais maiores.

Incubadoras

As incubadoras referem ao modelo bem tradicional dentro do tema investimento. Esse tipo de investidor dispõe de um projeto ou até mesmo de uma empresa onde a sua missão é criar ou mesmo possibilitar o desenvolvimento de uma pequena empresa ou microempresa.

O papel da incubadora é patrocinar todas as etapas iniciais de uma Startup, daí o nome ser incubadora. A ajuda também refere ao processo de modelagem básica do negócio, de ajuda técnica e recursos de apresentação e de ensino e desenvolvimento.

Crowfunding

Esse tipo de investimento refere ao fato onde diversas pessoas se juntam para investir em sua Startup. A participação financeira de cada uma dessas pessoas é pequena, porém o montante deverá alimentar satisfatoriamente sua ideia.

Esse tipo de investidor é encontrado somente na internet e recebe o nome em português de “investimento colaborativo”. Essa modalidade de investimento tem sido bastante utilizada e não é demais afirmar que está revolucionando as startups no mundo inteiro.

Aceleradoras

As aceleradoras trata-se de um espécie de incubadora, não muito tradicional e com um sentido mais moderno, desenvolvida através de uma metodologia bem mais complexa.

Essa modalidade de investimento foi criada para trabalhar juntamente as Startup, e é feita a partir de um grupo de pessoas que apoiam a empresa de forma financeira, ou mesmo oferecendo treinamentos e consultoria durante um período de tempo estabelecido.

As aceleradoras ganham quando vende sua participação acionária na startup.

Investidor-anjo

O investidor-anjo refere a uma pessoa física que se disponibilizam a utilizar o dinheiro de seu próprio bolso para investir em pequenas empresas ou micro empresas que estejam em seus estágios iniciais.

O principal requisito para que um investidor-anjo invista capital em uma Startup, é que esta possua um grande potencial de crescimento e faturamento. O investidor-anjo busca negócios de desenvolvimento em potencial capaz de gerar um significativo retorno financeiro.

Venture Capital

Trata-se de um investidor que apoia negócios através da compra de ações da empresa. Sua participação geralmente é minoritária e seu objetivo maior são nas ações valorizar-se, e após isso sair da operação.

Para este tipo de investidor existem riscos maiores quando comparado com outras modalidades de investimento, e isso porque os valores comumente investidos são da casa de milhões.

Venture Building

Esse é o tipo de investidor para Startup dinâmicoa, trata-se de uma modalidade de aceleradoras, Venture capital e incubadora. Além disso a Startup poderá contar com o fornecimento de recursos financeiros e humanos, e até mesmo com planejamento estratégico e estrutura física.

Para esse tipo de investidor o objetivo não se acaba no produto mas no desejo de construir um negócio altamente vantajoso.

Dada a magnitude desse objetivo o venture builder participa na Startup com considerável investimento que pode chegar até 80% de todas as ações da empresa em sua fase inicial.

Capital semente (Seed)

Esse tipo de investidor dar total apoio as startups que estão em implementação e que geralmente vêm de incubadoras. A ajuda financeira contribui até mesmo na capacitação de gestão do negócio.

Cabe destacar que o seed pode ser jurídica ou até mesmo pessoa física.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *