Minha lista com 7 metodologias de Startups para você

O Por que?

Para que o sucesso atinja o trabalho de uma Startup ela precisa ser um negócio relevante em um processo que passa pela escalabilidade e viabilidade. A base é buscar um público-alvo e oferecer de fato solução para esse público.

Esse processo inicia antes mesmo do lançamento da Startup a partir do incremento de metodologias criadas e atualizadas especialmente para essas startups. Essas metodologias passuem foco moderno que propõe a avaliação e evolução daquele modelo tradicional de empresa.

Neste artigo o que se propõe é listar e comentar as setes principais metodologias de startups para você. Essas formas mais usuais de trazer mais agilidade e capacidade para sua Startup são:: Lean Startup, CUSTOMER DISCOVERY, Design Thinking, Growth Hacking, PIVOT, FUNDRAISING e MétodoQSL.

Metodologias de Startup

Metodologia Lean Startup

A metodologia Lean Startup é também conhecida como startup enxuta e é atualmente a mais popular entre todas as sete. Suas principais características são:

– Proporcionar o desenvolvimento de protótipos

– Dá amparo nas validações de suposições existentes no mercado

– Utilização do feedback para desenvolver novos produtos

– Formas de envolver o público direta e eficientemente

Essa metodologia tem início a partir do sistema de produção da Toyota onde prevalece a ideia de oferecer solução ao cliente em tempo recorde no intuito de potencializar todos os resultados e diminuir consideravelmente os desperdícios.

Metodologia Customer Discovery

Essa metodologia também recebe o nome de Customer Development, e juntamente com a anterior é uma metodologia bem popularizada. Na verdade, esta foi a base da criação da Learn Startup.

O principal objetivo dessa metodologia é buscar aquele alinhamento entre as demandas dos clientes e o que de fato o produto oferece como solução, é o chamado Product – Market Fit.

Com essa metodologia também é possível fazer a validação através do feedback advindo do mercado com possibilidade de alterar o produto com intuito de se adaptar às reais necessidades do público-alvo.

Metodologia Design Thinking

A metodologia Design Thinking é também bastante popular, porém algumas pessoas afirmam que ela não é uma metodologia em si, uma vez que não há disponível uma forma determinada para seu emprego, sendo que cada Startup utiliza da maneira que mais convier.

A principal ideia da metodologia Design Thinking é resolver as questões coletiva e inteligentemente, dando espaço para corrigir possíveis erros no produto a partir do feedback dos clientes. Nesse modelo os stackholders prevalecem.

Essa metodologia leva em consideração todas as experiências culturais e os estilos de vida do público-alvo para a partir daí conhecer as barreiras e criar uma solução.

Metodologia Growth Hacking

Trata-se de uma metodologia proposta por Sean Ellis no ano de 2010. A ideia é proporcionar crescimento e com pouco investimento baseado principalmente em experimentos e testes. Essa metodologia tem como características principais os números e o crescimento atrelados aos experimentos e a criatividade.

Propõe resolver problemas de uma forma bem enxuta e com poucos gastos. Nessa metodologia o que se destaca é:

  • Análise métrica da Startup;
  • Conhecimento real sobre a Startup
  • Conhecimento real sobre o público-alvo;
  • Conhecimento real sobre o produto;
  • Conhecer as reais potencialidades;
  • Conhecer os reais problemas.
  • Metodologia Pivot

A metodologia Pivot foi iniciada por Eric Ries e encontra-se dentro da metodologia Learn Startup. Das três etapas desta última metodologia – Construir, Medir e Aprender – a Pivot é encontrada na segunda e na terceira etapa.

A metodologia Pivot visa mensurar todo o seu negócio até o momento para saber se está atendendo ao objetivo inicial. Caso não esteja a ideia é refazer o modelo de negócio de uma forma mais eficiente.

Essa metodologia propõe 10 tipos de Pivot:

  • Zoom-In Pivot
  • Zoom-Out Pivot
  • Customer Segment Pivot
  • Customer Need Pivot
  • Platform Pivot
  • Business Architecture Pivot
  • Engine of growth Pivot
  • Channel Pivot
  • Technology Pivot
  • Metodologias Fundraising

Essa metodologia tem como principal ação levantar fundos financeiros de Investimentos. Do inglês Fund significa “Fundos” em português, e Raising, significa “Levantar”. É uma metodologia que envolve um processo amplo, demorado e que exige paciência.

São as etapas do processo que irão facilitar o levantamento de fundos, visto que não é o primeiro investidor a ser contactado que irá, sem muitas explicações, liberar valores financeiros para sua Startup.

Método QSL

Trata-se de um método criado por Gerson Ribeiro apartir de suas experiências como facilitador e mentor de empresas e programas do Governo Federal, e em especial de startups que procuravam lançar projetos em um tempo hábil.

Esse método tem base em 7 Passos bem simples e práticos:

1. Definição de ideia: Consiste em construir uma ideia para lançar a Startup;

2. Criação de um grupo de trabalho: Refere à criação de um grupo de pessoas que apoiam essa ideia;

3. Identificação de um problema: Definir qual ou quais os problemas que você irá resolver com a Startup;

4. Validação: Consiste em fazer a validação de tudo desde a ideia inicial até o momento;

5. Apresentação de uma solução: Definição de uma solução baseada em tudo o que você aprendeu;

6. Produto mínimo viável – MVP: Consiste em construir um produto mínimo;

7. Fazer a venda: Buscar clientes e vender o produto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *