Tipos de Produtos de Informação: O que são e como faturar alto

Você já ouviu falar nos produtos de informação? Eles também são conhecidos como produtos digitais ou infoprodutos, e o melhor é que com eles você pode faturar bem alto!

Com este artigo pretendemos falar com você sobre os tipos de produtos de informação, desvendando o que são eles e como você pode faturar alto com esses infoprodutos.

Para aprender tudo isso basta apenas continuar lendo as próximas linhas!

O que são os produtos de informação

Os produtos de informação, ou como muita gente fala produtos digitais ou infoprodutos, são materiais de informação que foram criados digitalmente. Eles também são distribuídos de forma paga ou gratuita em meio digital.

São sucesso entre os produtos de informação os cursos, desenvolvendo assim ainda mais o sistema de educação a distância, o chamado EAD.

Para exemplificar, existem muitos infoprodutos ensinando a como aprender um determinado idioma, ou como tocar um instrumento musical. Também encontramos tutoriais ensinando a utilizar um aplicativo ou software, como preparar alimentos, como editar vídeo, como se planejar financeiramente, enfim, são diversos os temas que podem ser abordados nos produtos de informação.

Sendo que a procura pelos infoprodutos é grande e tem crescido mais e mais nos últimos anos, você poderá faturar alto criando o seu próprio infoproduto e distribuindo-o.

O bom nessa negociação é que os lucros advindos da venda desses produtos são escaláveis, visto que a procura por esses tipos de cursos têm sido bem maior que a demanda por cursos presenciais.

Se tudo isso chamou a sua atenção e você ficou curioso para faturar alto com os produtos de informação, então conheça agora os 7 principais tipos de produtos de informação.

Cinco tipos de produtos de informação

1. e-books

Os e-books são livros digitais e que foram muito popularizados a partir do uso de smartphones e tablets. Eles são feitos em meio digital e também distribuído eletronicamente.

Geralmente estão no formato PDF e tratam de conteúdo simples e que são de fácil assimilação. É muito comum a criação dos e-books para falar rapidamente de um tema e depois desenvolvê-lo através de um vídeo, por exemplo.

2. Vídeo aulas

Os vídeos também tem sido sucesso no momento principalmente com a existência de algumas plataformas voltadas especialmente para a exibição de vídeos, a exemplo do YouTube.

As videoaulas são materiais digitais bastante utilizados quando você quer transmitir um tema que precisa fazer demonstrações. Por exemplo, se você pretende ensinar a tocar algum instrumento musical, certamente o aluno aprenderá bem mais rapidamente verificando você demonstrando os passos através do vídeo.

3. Screencasts

O Screencasts são também vídeos porém feitos de forma bem mais rápida pois são capturadas nas telas do próprio computador.

É muito comum Screencasts ensinando a utilizar algum software ou aplicativo. Porém, os Screencasts não são feitos apenas de vídeos, mas também de áudios, por isso você deve ter um sistema de captação de áudio instalado.

4. Audio books

Geralmente os audiobooks estão no formato MP3 e se referem a livros narrados e compactados. São produtos de informação muito fáceis de serem produzidos.

Para isso, tenha um microfone de qualidade e faça a gravação e em um local longe de barulho.

5. Podcast

Os podcast também são áudios, porém o que diferencia dos audio books, é que eles são narrados como um programa de rádio.

Outra distinção é que são narrações baseadas em entrevistas e discussões entre um grupo de pessoas.

6. e-Magazines

As e-Magazines são também chamados de e-Zines, e referem as revistas digitais eletrônicas. Geralmente estão no formato PDF.

As e-Magazines também funcionam como as revistas impressas que são distribuídas com uma periodicidade, permitindo o cliente adquirir novo número de forma semanal, quinzenal, mensal ou qualquer outro período.

7. Kits

Os kits referem a um conjunto de produtos de informação que podem ser de variados tipos. Por exemplo você poderá juntar a sua vídeo aula com o e-book que produziu, e ainda o áudio book.

Como todos esses materiais são infoprodutos você pode juntá-los formando então um kit e distribuí-lo por meio digital através da internet, e o usuário fará uso no dispositivo eletrônico mais adequado.

A criação de produtos de informação

Criar os produtos de informação pode até ser uma tarefa bastante trabalhosa pois envolve uma grande quantidade de pesquisa e de tempo. Mas, por outro lado, não é uma atividade complexa e que necessite ser expert no assunto.

Também é de se destacar que ao criar qualquer um dos tipos de produtos informação que listamos você terá em mãos a possibilidade de gerir um grande e rentável negócio na internet, e com isso faturar bem alto!

Basta inicialmente um planejamento, a pesquisa e a produção. Distribua seus infoprodutos, a princípio, de forma grátis e pela internet. Com o tempo faça os aprimoramentos baseados no feedback de seus clientes, e tenha boa sorte!