Razões para criar um MarketPlace

Você já pensou na possibilidade de criar o seu próprio Marketplace? Isso é totalmente possível e tem sido a moda do momento. Afinal, esta é uma excelente oportunidade e promete ser duradoura.

Na sequência, apresentaremos para você 3 razões para criar um Marketplace:

– a primeira razão, é conhecer de fato o que é um Marketplace;

– a segunda razão, é entender porque você deve criar um marketplace;

– a terceira razão, é saber quais as informações necessárias para investir em um Marketplace;

Conheça de fato o que é marketplace

Muitas pessoas confundem o Marketplace com o e-commerce, mas na realidade são coisas bem diferentes. Vamos entendê-las e diferenciá-las.

O e-commerce se refere a uma loja virtual qualquer, enquanto que o Market Place é um conjunto de lojas virtuais onde todos os lojistas estão dispostgos em um espaço online.

Existe um exemplo bem clássico que é geralmente utilizado para diferenciar o Marketplace do e-commerce. Por exemplo, procure ter em mente um shopping que possui diversas lojas e os seus próprios meios de segurança e de divulgação.

O Marketplace se assemelha a um shopping virtual, que possui as suas formas próprias de pagamento e de divulgação em uma grande plataforma online.

Algumas pessoas também complementam dizendo que o Marketplace é um e-commerce corporativo, como se fosse vários lojistas para vários públicos-alvos.

Porque você deve criar um Marketplace

O primeiro motivo para você criar um Marketplace é porque trata-se de uma excelente oportunidade, onde você poderá atuar em um nicho específico e até em um subnichos.

Um segundo motivo é que o Marketplace tem um alto poder de retorno de investimento. Para quem cria um Marketplace deve inicialmente investir, mas o retorno será quase que imediato uma vez que ele receberá do “aluguel” da plataforma.

Quais as informações necessárias para criar um Marketplace

O Marketplace é um negócio que exige muito esforço e dedicação da sua parte. Além desses fatores, outros também são listados para que possa de fato a ter um excelente funcionamento. Entre esses fatores podemos listar a qualidade dos lojistas como também a dos produtos oferecidos.

Mas não para por aí, são também fatores essenciais o atendimento e o envolvimento com o cliente, pois é este quem irá determinar o sucesso ou não do seu negócio.

Além do que já falamos, você também deverá ter em mente as seguintes informações:

Necessidade de escolher certeiramente os seus parceiros

Para o seu Marketplace, ou shopping virtual, é necessário que você saiba escolher com objetividade e muito critério os lojistas e vendedores que irão atuar em seu negócio.

Para que fiquem todos alinhados a ideia do negócio, é interessante que você estabeleça alguns critérios para que o lojista e o vendedor possam atender. Faz-se necessário também uma avaliação contínua para saber se continuam atendendo aos critérios indicados.

Você poderá estabelecer o termômetro da qualidade, onde serão os seus compradores que avaliarão os lojistas, os vendedores e os produtos oferecidos.

Saiba como funciona a responsabilidade fiscal

Em um Marketplace existem as regras especiais de intermediação financeira. Dessa forma, é necessário conhecer como funciona a responsabilidade fiscal em duas situações: A do vendedor e a do consumidor final.

Entendo que é o Marketplace o responsável por emitir a nota fiscal diretamente para o vendedor. Porém, quando se trata de consumidor final, então a responsabilidade fiscal de emissão da nota é do vendedor.

Estabeleça uma política de comissionamento

Para atingir o sucesso desejado você precisa ser um intermediador com uma política própria e bem explicada. Essa é a política de comissionamento e deve ser bem definida sempre levando em consideração o valor que é cobrado pelo produto e aquilo que você espera receber do lojista.

Você poderá verificar qual pode ser melhor para o seu Marketplace: Se o trabalho com metas ou a comissão por venda.

Para definir essa política de comissionamento pense no seu fluxo de caixa e também naquela cultura que você deseja estabelecer em seu negócio.

Construa uma excelente base de concorrência

É interessante destacar que dentro de um Marketplace os lojistas não podem ser iguais, eles precisam ser diferenciados para gerar a concorrência.

Para estabelecer essa concorrência vá ao campo e converse com seus clientes e procure descobrir o que eles gostariam de obter dentro do Marketplace.

Com estas informações você repassa aos lojistas e assim cria-se um apolítica de preços e de condições de pagamento diferenciados que irão atender aos mais diferentes públicos.

Em um Marketplace, ou seja um shopping virtual, dada a grandiosidade do negócio você precisa ter sonhos grandes. Abrace a causa sem medo e invista em plataformas de qualidade para ter uma experiência excelente com seus lojistas e consumidores finais.

Lembre-se dos casos de sucesso de Marketplace como o Mercado Livre, o Ebay, o Aliexpress e se inspire para criar um negócio rentável e escalável.

E também outros cases de MarketPlace Móveis como o Ifood, Pedidos Já e outros aplicativos de comida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *